CURSO PÓS CIRÚRGICO NA PRÁTICA

Atenda Pós Cirúrgico de Cirurgia Plástica com Segurança Sabendo o que Fazer para Cada Intercorrência.

A Cirurgia Plástica Avança a Passos Largos e nós, da Área de Estética que Atende Pós Cirúrgico,
não Podemos Ficar para Trás.

Quando você se depara com um pós cirúrgico que se pergunta e agora o que faço?

Estou atendendo como aprendi e não está dando certo. Eu já passei muito por isso, por isso criei um método de atendimento pós cirurgico de acordo com a cirurgia feita, com o biotipo, hábitos alimentares, hábitos esportivos e hábitos posturais, pois esses fatores influenciam muito no resultado final de um pó cirúrgico.

Além disso ainda tem outros fatores como:

  • Médicos que tem medo de indicar pós cirúrgico;
  • Falta de habilidade nos atendimentos pela concorrência;
  • Não saber remodelar às talas usadas debaixo das cintas;
  • Não saber cuidar das incisões;
  • Não saber fazer curativos de contenção;

"E muito mais barreiras que atrapalham um bom atendimento pós cirúrgico."

LUCIENE MARTINS

"Luciene Martins Lopes. Esteticista com mais de 30 anos de experiencia. Especialista em pré e pós cirúrgico.
Trabalhos desenvolvidos:

  • Uma nova visão sobre drenagem linfática pós cirúrgica.
  • Massagem executiva facial.
  • massagem executiva corporal.

"Nesses mais de 30 anos de atedimento pós cirúrgico eu percebi que muita coisa precisava ser revista.
Assim fiz e nasceu essa técnica que vai

Ao longo de 30 anos de experiência em massagem estética, clássica e drenagem linfática, constatei que cada pessoa reage de forma diferente às diversas manobras e com essa experiência, criei para cada pessoa a sua massagem exclusiva, resultado de cuidadosa observação. Atendendo pré e pós-cirúrgicos vi a necessidade de mudança nos tratamentos estéticos,pois desde 1980. Com a criação revolucionária técnica de lipoaspiração, criada pelo cirurgião francês Ives Gerard Illoz, a mesma tem evoluído constantemente. _ Como exemplos têm as cânulas iniciais de 20 mm. de espessura, até as usadas hoje, de 4 e 5 mm.

A cirurgia avança a passos largos, e conseqüentemente a drenagem não pode ficar para trás. Para acompanhar as evoluções fiz algumas modificações nas manobras de drenagem respeitando a fisiologia e as técnicas ja existentes, comprovadas cientificamente. Resultado foi observado a cada cliente que chegava com cirurgias diferentes, exigia nova pesquisa sobre elas para adaptar as técnicas de drenagem de acordo com a cirurgia feita.

Após assistir uma vibro lipoaspiração com mini abdômen, percebi que realmente minha teoria e mudança estavam certas e todos os resultados foram positivos. Comecei as pesquisas na área de pós-cirúrgicos tendo acesso a autores que já haviam feito trabalhos relacionados a anastomoses profundas e a fisiologistas e anatomistas para saber tudo sobre linfa, pesquisas essas elaboradas por eles desde 1930, data da criação das manobras de drenagem linfática até os dias atuais com comparações teóricas e práticas.

Neste contexto, surge uma nova forma de drenagem para cada tipo de cirurgia, respeitando a fisiologia.

As cirurgias plásticas convencionais e a lipoaspiração, por se constituir em uma técnica invasiva, representa uma agressão que provoca uma reação em cadeia em todo o sistema de defesa do corpo e danifica toda a rede linfática periférica e alguns gânglios superficiais dificultando o escoamento linfático e do líquido residual deixado pelas cirurgias, bem como o seroma formado pelo organismo, que entra em ação, enviando para o local agredido, células especializadas para combater a infecção, como leucócitos, linfócitos, macrófagos, entre outros. Também vão para o local as plaquetas, cuja função é vedar os locais que foram invadidos pela cânula. O organismo libera fibrina, que é uma proteína polimerizada insolúvel, que forma uma rede de fibras ao redor das plaquetas que se fixaram nas bordas do ferimento umas as outras. A rede envolve-se nas células sangüíneas e se contrai, expulsando o soro e deixando o coágulo mais ou menos sólido (nódulos). Desta forma, quanto maior a quantidade de gordura retirada, maior será a agressão e, conseqüentemente, maior será a reação do organismo. Neste caso, tem início um processo de cicatrização irregular, que tende a formar uma fibrose subcutânea, fazendo aderências que prendem a pele ao músculo. As depressões, ondulações e assimetrias, em alguns pacientes, ficam visíveis logo na primeira semana, em outros, após duas ou três semanas devido ao edema. À medida que este vai sendo eliminadas as irregularidades da cicatrização começam a aparecer.

Dessa forma, realizo as manobras de bombeamento profundo, sem retirar a mão do lugar, a fim de não movimentar a pele e não enviar seroma ou líquido residual para áreas descoladas, isso faz com que sejam espalhados os resíduos de modo uniforme, o que facilita sua reabsorção pelos capilares linfáticos saudáveis e os que já se restauraram. Essas manobras evitam que se formem cápsulas com seroma e líquidos infiltrados, durante a cirurgia o que pode causar fibroses ou aderências. A drenagem começa de acordo com a cirurgia feita.

Vou te mostrar agora o que você vai aprender!

Você Esta Preparado para Entrar Nessa Turma de Profissionais que Realmente Sabe o que faz?

Em todos os Módulos vai ter um Workbook para Você Imprimir e Acompanhar as Aulas e Fazer às Anotações de Acordo com que Você Entendeu.

modulo1

Módulo 1: INTRODUÇÃO

Esse curso preparei com muito carinho fiz ele todo baseado no que me faltou no início da minha carreira e com todos os atendimentos que fiz, todas as experiencias aconteceram comigo, só vou ensinar o que atendi e realmente deu certo. Esse curso tem como premissa principal um atendimento seguro sabendo o que fazer para cada intercorrência. E para isso precisa de sua dedicação para que apenda da melhor forma. Escute com atenção as aulas teóricas para depois iniciar as aulas práticas, neste módulo vou apresentar todo o curso e como ele vai ser ministrado assim você vai ter segurança na hora dos atendimentos.

Módulo 2: REVISÃO TEÓRICA

Para atendimento de massagens no geral é fundamental o conhecimento do corpo humano saber para que serve cada coisa dentro de uma pessoa, sei que você já estudou mas vamos rever, sempre fica uma coisa para aprendermos, e em um atendimento estético principalmente de pós cirúrgico é importante o conhecimento de cada órgão principalmente os que estão presente no sistema linfático e os que tem que trabalhar depois de uma drenagem linfática.

Neste módulo você vai relembra das principais funções do nosso organismo fiz um tour em toda fisiologia que precisamos para um atendimento seguro e eficaz, fiz um resumo e olhe que resumi o máximo deixei apenas o essencial que precisamos saber para um atendimento de qualidade sabendo o que está acontecendo no organismo de cada cliente que chega em nossa cabine.

modulo2
modulo3

Módulo 3: SISTEMA LINFÁTICO

Neste módulo vamos relembrar tudo sobre a fisiologia linfática pois é parte fundamental para conseguir uma drenagem linfática precisa e segura.

Vou dar uma passada por toda circulação linfática e órgãos linfáticos, sabendo essa parte o restante fica fácil.

Você vai relembra das aulas de fisiologia do seu curso muita coisa é esquecida por não ser praticada. Vou passar para você os exercícios pra as mãos que todos os profissionais de estética precisa fazer todos os dias pela manhã e noite, tudo para ter mobilidade nas mãos e não sofrer com as patologias decorrentes de movimentos repetitivos, crie esse habito eu nesses mais de 30 anos de profissão não tenho nenhuma dor e olhe que atendo muito. Vou ensinar também as manobras básicas para você treinar.

Módulo 4: DRENAGEM LINFÁTICA NA PRÁTICA

Nesse módulo você vai aprender o básico da drenagem linfática, essa técnica que vou ensinar foi desenvolvida com os estudos das 3 principais escolas de drenagem. Vodder, Fodi e Leduc, pela minha pesquisa na época todas as outras técnicas deriva dessas pois Foldi foi o primeiro a valorizar a técnica de Vodder depois das esteticistas que foram as primeiras a testar e aplicar a técnica em seus atendimentos, e depois Leduc estudou as duas e criou o método dele. Eu estudei muito essas três técnicas e pratiquei muito as três e cheguei a uma conclusão todas são ótimas porem unindo o melhor das três eu criei a nova visão sobre drenagem linfática pós-cirúrgicas que é essa que vou ensinar aqui.

Não pense que é só com ela que resolvemos os problemas pós cirúrgico que não e mesmo, mas é a base pois ela é pra ser usada nos primeiros dias como prevenção, e te dou um conselho pode passar a fazer essa técnica em todas as suas clientes independente se fez cirurgia ou não pois a união do que tem de melhor em cada uma eu criei uma técnica que quando a cliente faz a drenagem ela fala nossa que drenagem boa nunca fiz uma assim, estou ótima, ouvi muito isso depois que mudei e tenho cliente que são tão fiéis que independente de cirurgia fazem drenagem linfática uma vez na semana comigo a mais de 25 anos, já tenho mais de 30 anos de profissão e essas mudanças comecei a fazer logo no segundo ano de profissão e te garanto que fidelizei muito mais cliente.

Vou passar a técnica toda sem nenhum corte para você poder usar em qualquer atendimento e quando formos para a pratica pós cirúrgica vou ensinar o que pode ser feito dessa drenagem para cada cirurgia ou intercorrência. Então não pule nenhuma aula assista treine pratique só depois que aprender uma parte passe para outra.

modulo4
modulo5

Módulo 5: INTERCORRÊNCIAS CIRURGICAS

Nesse módulo você vai aprender sobre as intercorrências cirúrgicas, o que é cada uma para depois podermos trata-las ou preveni-las. Vamos saber como cada uma surge e o que devemos fazer para prevenir as sequelas de cada uma.

Os benefícios é que quando mais sabemos sobre o que vamos tratar mais segurança teremos em indicar o tratamento correto.

Você vai saber nesse módulo sobre: EQUIMOSE, SEROMA, FIBROSE, HEMATOMA, DEISCENCIA, NECROSE, ADERÊNCIA, FIBRINA, NÓDULOS, EPIDERMÓLISE OU EPTELIOSE, CICATRIZAÇÃO, ESTENOSE DE UMBIGO, ALTERAÇÕES CIRÚRGICAS E DOR CRÔNICA.

Módulo 6: LIPOASPIRAÇÃO

Neste módulo vamos aprender sobre os tipos de lipoaspiração quais as principais intercorrências e como atender desde as primeiras 24 horas.

Neste módulo vamos iniciar as aulas praticas para cada tipo de lipoaspiração e para cada área lipoaspirado os cuidados com os curativos, as drenagens linfáticas nas primeiras 24 horas, cuidados com as contenções para não marcar, forma de colocar as cintas. Este módulo é onde você vai colocar a mão na massa começar a atender com segurança todos os tipos de lipoaspiração.

modulo6
modulo7

MÓDULO 7: CIRURGIA DE MAMA

Neste módulo você vai aprender o passo a passo de uma drenagem que drena sem colocar a mão na mama, ou seja, você vai aprender a fazer uma drenagem linfática e um relaxamento que vai dar um bem-estar muito grande na paciente que se submete a uma cirurgia de mama.

Independente da cirurgia de mama o desconforto é quase o mesmo variando muitas vezes só de pessoa para pessoa independente da técnica aplicada.

A cirurgia de implante de silicone é uma das mais dolorida principalmente a submuscular, por ser uma cirurgia que tem que colocar uma prótese por baixo do músculo, isso causa uma desestrutura em toda cintura escapular.

MÓDULO 8: CIRURGIA DE FACE

PARA TODAS AS CIRURGIAS TEM AS PRÁTICAS.

Neste módulo vamos aprender sobre todas as cirurgias de face, começaremos pelas pálpebras que umas das cirurgias mais realizadas no Brasil, realmente é um tipo de cirurgia que não precisa de drenagem linfática quando ela é feita apenas nas pálpebras, mas quando associada a outras cirurgias faciais já precisa de drenagem, e algumas vezes a blefaroplastia também precisa. Esse atendimento tem que ser feito com o maior cuidado para não romper os pontos pois a pele dessa região é muito fina, vamos aprender os curativos de contenção para sustentação de ectrópio, sinéquias, hematomas, milias nas cicatriz, você vai aprender a drenar o nariz sem colocar a mão no nariz, aprender a drenagem de lifting facial com ou sem enxerto, aprender a fazer o curativo de orelha de abano, e o desfazer as tão temidas fibroses em pescoço depois de uma lipoaspiração.

modulo8
modulo9

MÓDULO 9: CONTORNO CORPORAL

O contorno corporal que vamos tratar aqui são todas as cirurgias feitas no corpo, são elas abdominoplastia que está em quarto lugar no ranking de cirurgia mais realizada no Brasil. O lifting de braços, coxas, pós-bariátricas, além de aprender sobre cada cirurgia você vai saber como atender cada uma dessas cirurgias, aprendendo os curativos e a pratica do atendimento para cada uma. A procura de contornos bem definidos é o principal motivo, então o atendimento tem que ser preciso não pode ficar nenhuma marca no corpo da cliente por isso a profissional da estética tem que estar apta para esses atendimentos.

MÓDULO 10: CIRURGIAS DE AUMENTO

Neste módulo você vai aprender o porquê não pose fazer drenagem linfáticas nas áreas que fez enxerto de gordura e nem pode drenar as vias acessórias do local, nessa cirurgia é muito importante os curativos de contenção e para cada tipo de enxerto de gordura tem um curativo.

Vai aprender que em cirurgia de aumento com silicone o atendimento estético é fundamental para um bumbum bem feito, pois o quanto antes retirar os líquidos e as equimoses do local mais rápida é a recuperação e previne fibroses que o mais temido em uma cirurgia plástica.

modulo10
modulo11

MÓDULO 11: NINFOPLASTIA DÉCIMA QUINTA CIRURGIA MAIS FEITA NO BRASIL MAIS DE 12

Os tratamentos estéticos íntimos vem aumentando a passos largos e na cirurgia plástica isso não ficou para traz hoje em dia as cirurgias intimas estão em décimo quinto lugar nas cirurgias mais realizadas no Brasil, e para esse atendimento o profissional tem que estar apto pois envolve várias questões intimas que fazem parte de um bom resultado final. Vamos aprender a pratica para cada tipo de cirurgia e porque tem que ser feito a drenagem linfática e o melhor a drenagem é feita sem expor a cliente pois vamos tratar as vias de escoamento, ou seja vamos fazer a drenagem linfática sem ser preciso tocar na região operada, pois nossa fisiologia nos permite criar força centrípeta que estimula a drenagem. Aqui você vai aprender tudo isso.

MÓDULO 12: CIRURGIAS CABEÇA E PESCOÇO

Quem disse que esse tipo de cirurgia não precisa de drenagem linfática? Engana quem pensa assim, o desconforto das vias linfáticas que envolvem todo o couro cabeludo ou a área que foi submetida a enxerto de pele, ficam ativas podendo até causar ingurgitamento de gânglios linfáticos (íngua) que dói e incomoda muito por fazer parte do nosso sistema de defesa os gânglios dessas regiões entra em ação e se não estimulados manualmente pode causar muita dor e desconforto. E ainda tem as tensões musculares que é uma das causas desse ingurgitamento pois os músculos tensos atrapalharão o percurso natural da linfa. E para você que entrar nesse curso vai aprender a tratar cada uma dessas cirurgias.

modulo12

Veja o que nossos alunos falam

Depoimentos:

Play Video
Play Video
Play Video
Play Video
Play Video
Play Video
Play Video
Play Video
notepad-2.png

CHECK LIST PARA ENTRAR NO CURSO.

A Pessoa para Fazer o Curso tem que Entrar Nesses Quesitos Pois esse Curso é Voltado Para Profissionais:

Profissional esteticista que atenda pós-cirúrgico ou queira atender.

Profissional da área de saúde e ter especializado em estética. (estetas).

Fisioterapeuta dermatofuncional.

E saber pelo ao menos uma técnica de drenagem linfática.

Esse curso pode ser feito junto com o curso técnico em estética ou tecnólogo em estética, dessa forma você pode associar as aulas, mas em hipótese nenhuma você pode atender antes de concluir sua graduação.

Você Esta Preparado para Entrar Nessa Turma de Profissionais que Realmente Sabe O que faz?

R$ 2.470,00 à vista
ou
12x R$ 247,00

Luciene Martins · 2020 © Todos os direitos reservados